quinta-feira, junho 08, 2006

Pensamentos de um dia qualquer

É 12:24 no relógio estranho do meu computador aqui na gráfica, e no entanto meu cérebro compreende que são 16:37... Sem nada de mais pra fazer, fico visitando blogs que nunca entro enquanto penso em como é difícil realizar as coisas que queremos realizar, torná-las palpáveis e mostrá-las para o mundo. Também penso em como a minha calça nova me deixou mais indie, mas essa é outra história.

Agora, agora mesmo, gostaria de estar em baixo das cobertas, não precisando pensar em nada que não fossem as histórias fantasiosas que crio à noite pra me ninar... Descer do mundo, literalmente - se é que isso é possível... Mas fico pensando... pensando em como as pessoas são indecifráveis, em como reclamo de barriga cheia, em como fazer pra consertar a minha memória antes que eu esqueça o meu endereço...

Do meu lado, o Cris dá risada dos depoimentos de mulheres com câncer que ele tem que editorar... Não posso culpá-lo, os depoimentos são realmente bizarros... e isso me faz lembrar da época em que descobri um nódulo no seio. Mas logo depois penso em como fico poucas horas na frente do computador, comparado a outras pessoas, e isso é bom...

Ainda preciso passar na Redenção hoje, e no caminho comprar um dvd-r. Também preciso encontrar uma fonte menos bobinha para os créditos do Histórias, que tenho que inscrever pro Cine-vídeo... É impressionante como uma fonte muda a aparência de uma imagem inteira. Hum... preciso fazer os trabalhos atrasados de Projeto Gráfico....

Bom, vou voltar pra vida real...

Letras de Música
música
artista
trecho
by letras.mus.br